sexta-feira, fevereiro 23, 2024
42 99800-6869 contato@genteregional.com.br
0
  • No products in the cart.
Jornal Gente da GenteMatéria

Emanuela K. Zarpelon

A base familiar como alicerce na educação dos filhos

Para ela, é na figura materna que encontramos um amor que não conhece limites, carinho, proteção,  apoio, cuidado e atenção. É a mãe quem enxuga as lágrimas, aconselha, comemora as conquistas, corrige e sabe a hora de dizer não!

Emanuela K. Zarpelon tem 37 anos e é empresária na área do comércio. Há 13 anos é casada com Douglas Zarpelon (engenheiro agrônomo e produtor rural). Dessa união, nasceram os filhos Giovanna que tem oito anos, e Douglas Junior, com cinco anos. A Emanuela é natural de Irati e, atualmente, mora em Rio Azul. Ela é formada em Pedagogia, pela Unicentro, e pós-graduada em Controladoria Finanças, pela mesma instituição.

“Comecei a trabalhar desde meus 12 anos, ainda em Irati. Sempre busquei minha independência financeira, porém, sempre tive grande apoio dos meus pais. Eles me deram educação e estudo, e me  passaram valores verdadeiros e fundamentais para a vida, os quais, hoje, como mãe, repasso aos meus filhos juntamente com meu esposo, para que eles cresçam aprendendo o real sentido da vida, de ser humano, dando valor as pessoas e as conquistas, e não aos bens materiais. Assim, acreditamos que se tornarão adultos íntegros e de respeito”, destaca.

Segundo Emanuela, o Dia das Mães é uma data muito especial porque é o período em que comemoramos e homenageamos as pessoas tão especiais que nos deram a vida. Mãe é uma palavra pequena, mas só entendemos a sua real importância e significado quando podemos estar perto dela ou quando pensamos nela.

A empresária conta que sempre desejou ser mãe. Ela acredita que esta é a maior bênção divina, ao mesmo tempo, é a maior responsabilidade que se pode ter. Representa ter o poder de acalmar e confortar apenas com um colo, ser fortaleza e amar incondicionalmente, e, para Emanuela, não há nada mais gratificante que receber o amor e o carinho dos filhos.

“Sonhava em ser mãe e, graças a Deus, este sonho se tornou realidade na minha vida. Deus presenteou a mim e ao meu esposo com duas crianças abençoadas, maravilhosas e que dão sentido e cor aos nossos dias. Quando peguei-os em meus braços, meu mundo se transformou. É um amor que não cabe no peito, uma variedade de sentimentos e sensações que é difícil descrever”, ressalta.

Porém, a maternidade representa um desafio diário, pois envolve cuidar dos filhos, da família, das atividades profissionais e domésticas, muitas vezes, ao mesmo tempo. Além disso, há sempre a cobrança da mãe consigo mesma. “Ser mãe não é uma tarefa fácil, cometemos erros, ficamos nos questionando se estamos mesmo fazendo as ‘coisas certas’ e estamos, sempre, tentando corrigir as falhas. Me cobro muito se estou sendo uma boa mãe e dando o meu melhor para eles”, complementa.

Emanuela afirma que, apesar disso, busca conciliar seu tempo entre momentos com os filhos, família e, também, com cuidados e atividades físicas, pessoais e profissionais. “Quando posso, tiro um tempo para mim, para cuidar da minha saúde, ir pra academia, ir no salão, estética e fazer minhas caminhadas. É essencial praticar o autocuidado, você estar bem consigo mesma!”, frisa.

Na relação com o esposo Douglas, Emanuela encontra um alicerce forte. Os filhos tornaram o casal mais forte, unidos e com objetivos em comum. Eles buscam criá-los com muito amor, carinho, educação, segurança e proteção, para que cresçam com caráter e valores, e que tenham um futuro brilhante e cheio de conquistas.

“Meu esposo sempre está ao meu lado, é minha base. Ele me incentiva e me apoia em tudo, seja como mãe, esposa ou mulher. Vivemos em equilíbrio, flexibilidade e cumplicidade como casal e, acima de tudo, somos muito unidos e priorizamos sempre o bem-estar de nossos filhos e de nossa família. Rezo todos os dias agradecendo a vida de meus filhos e pela família que formamos. Peço a Deus que nos proteja de todo mal, e ilumine os passos das nossas crianças com muita paz, saúde, realizações e alegrias. Para mim, não existe nada mais importante do que isso!”, acrescenta.

Para Emanuela, os filhos são o bem mais precioso na sua vida e de Douglas. Eles os motivam e inspiram todos os dias com sorrisos e aqueles abraços cheio de amor e de carinho. Ela diz que se sente abençoada por ter seus filhos.

“Meus filhos são meu coração batendo fora do peito, são minha vida, não há amor maior! Agradeço muito a Deus e peço que Ele nos permita que eu seja exemplo para eles, e que sigam no caminho do bem e com fé em Deus!”, finaliza Emanuela

“Desejo Feliz Dia das Mães para todas as guerreiras, batalhadoras e lutadoras que cuidam dessas vidas. Pois, mãe não é apenas quem gera, mas, principalmente, aquela que ama, cuida, que ultrapassa barreiras diariamente pela felicidade dos filhos, que não desiste, que trabalha sem descanso o tempo todo e tem capacidade de curar qualquer dor com seu amor! A todas as mães e, em especial, a minha também, nosso amor, respeito e homenagem todos os dias! FELIZ DIA DAS MÃES!”, Emanuela K. Zarpelon.

Deixe um comentário

×