segunda-feira, abril 15, 2024
42 99800-6869 contato@genteregional.com.br
0
  • No products in the cart.
MatériasRevista GenteSaúde

Nefrologia: de onde vem a sede?

Todo mundo sabe que beber água previne a desidratação e garante o bom funcionamento do nosso organismo. Mas você já pensou em como essa vontade é despertada? O nefrologista, Frederico Guaurino, explica qual é o mecanismo que acontece em nosso corpo para sentirmos sede.

Tudo inicia no cérebro, que é o responsável por comandar todo o nosso corpo, que, por sua vez, é
composto 60% de água. Por isso, é fundamental ingerirmos água para que tudo continue funcionando.

De acordo com Guaurino, a sensação de sede é produzida pelo hipotálamo, órgão do sistema nervoso
central, em resposta ao aumento da concentração de eletrólitos, que são os minerais essenciais do sangue, principalmente, sódio. “Digamos que estamos em um dia quente e não consumimos a quantidade de água adequada. Como o nosso corpo reage, gerando sede e nos protegendo da desidratação? Em primeiro lugar, o aumento da concentração de sódio atua no hipotálamo em células sensíveis à concentração deste eletrólito”, explica ele.

Na sequência, em resposta a esse estímulo, o nefrologista completa que ocorre a sensação de sede.
“Da mesma forma, desencadeia a produção do hormônio ADH, que é o hormônio antidiurético, pela hipófise – pequena glândula localizada na base do encéfalo, faz parte do sistema nervoso central. O hormônio antidiurético atua, diretamente, nos rins, reduzindo a produção de urina”. Guaurino resume que sentimos sede para aumentar a quantidade de água no corpo e menos vontade de urinar, devido ao menor volume urinário produzido pelos rins.

PRINCIPAIS SINAIS E SINTOMAS DE DESIDRATAÇÃO

O ideal é não deixar a sede aparecer para depois nos hidratarmos. Porém, alguns fatores podem te fazer sentir mais sede – o que demonstra que algo está errado com seu organismo, entre eles:
Sonolência
Mucosas ressecadas
Frequência cardíaca aumentada
Frequência respiratória aumentada
Pressão arterial baixa
Pulsos finos
Redução da produção de urina

QUANTO DE ÁGUA DEVO INGERIR POR DIA?

A saúde integral do organismo depende da ingestão de necessária de água, de acordo com cada organismo. “Os adultos, para se manterem hidratados, necessitam em torno de 30 a 35 ml por kg de peso de líquidos em 24 horas. Em crianças, esta necessidade é de em torno de 40 ml/kg de peso e, em idosos, de, aproximadamente ,25ml/kg de peso”, detalha doutor Frederico.

DR FREDERICO GUAURINO

CRM 38225 PR
Formado em Medicina pela Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (2009)
Residência médica em Clínica Médica no Hospital Federal do Andaraí/RJ (2013) – RQE 23040
Residência médica em Nefrologia pela Universidade Estadual do Rio de Janeiro (2015) – RQE 23041

CADI CONSULTÓRIOS
Rua Benedito de Morais, 400 Centro, Irati
Contato: (42) 3132-5051
(42) 99923-5725
@drfredguaurino

Informe publicitário material de capa da Ed. Especial de Saúde #07 da Revista Gente.

Deixe um comentário

×